Qual o propósito do RH nas Empresas?

Postado em 28/01/2020


Qual o propósito do RH nas Empresas?
Com a evolução da sociedade o papel do RH e gestão de pessoas se tornou cada vez mais necessário, já que o capital humano é o que diferencia uma organização das outras.

A função do RH dentro das organizações é bem ampla. O setor de RH já não é como antigamente. Antes, ele assumia uma função meramente administrativa e mecânica. Responsável por recrutamento, demissão e folha de pagamento, tratava-se de um apoio à organização, mas com pouca aplicação prática e quase nenhum direcionamento estratégico.

Hoje as coisas mudaram, neste sentido, vou apresentar algumas de suas principais atribuições e mostrar como seu trabalho funciona na prática:

Contratação de Pessoas – consiste no processo de atração, seleção, entrevista e contratação de funcionários. Como as pessoas são o principal capital de uma organização, esta é uma das principais demandas do RH, depois vem o processo contínuo de motivação e retenção deste talento. Por isso, é necessário elaborar planos de ação que valorizem o capital humano, o principal ativo da empresa., maiores também são as chances de a empresa obter bons resultados ao inclui-lo em sua equipe.
Alocação dos Profissionais – consiste na definição dos cargos e funções dos profissionais contratados e, em caso de mudanças internas, daqueles que já estão inseridos no quadro da organização. Este trabalho deve ser feito com base no plano de cargos e salários da empresa para cada função e ser condizente com as tarefas desempenhadas. Além disso, a alocação é uma parte das atribuições do RH que tem como objetivo integrar os novos funcionários e avaliar a qualidade do desempenho e da produtividade dos colaboradores de modo geral.
Retenção de Talentos – esta é uma das funções mais importantes do setor de Recursos Humanos, pois consiste no desenvolvimento de estratégias efetivas para reter os talentos na empresa, bem como para atrair e mantê-los.
“Em um estudo citado pela McKinsey, pesquisadores comprovaram que uma pessoa de talento superior é até oito vezes (800%) mais produtiva que uma pessoa de desempenho médio (de acordo com a complexidade do trabalho).”

A perda de um funcionário de alto desempenho pode representar o fortalecimento do concorrente. Para isso, o RH deve criar formas efetivas de atrair, motivar, engajar, incluir, valorizar e reter os talentos da equipe continuamente.

E você o que tem feito para seleção e a retenção de talentos dentro da sua empresa? Se você quer saber mais sobre as melhores práticas para a gestão de pessoas acompanhe nossa coluna.
Deixe seu comentário
Categorias: Networking;

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!
0 comentários