Pesquisa

Integração De Novos Colaboradores: Você É Culpado Pelo Baixo Rendimento Da Sua Equipe

A culpa é da empresa, que muitas vezes, não cria rotina, vomita trabalho e quando sobra uma pausa cobra o que não foi orientado.

Postado em 22/01/2019


O processo de integração é uma das maiores dores de muitas empresas, quando colaboradores não são propriamente treinados, integrados ou gerenciados, eles podem não performar tão bem, podendo criar um sentimento de ineficiência sob a percepção do restante da equipe perante o novo colaborador.

Cada novo integrante do seu time tem 45 dias de experiência que podem ser prorrogados por mais 45 dias. Este tempo passa muito rápido, e a sensação deste tempo se tornar menor pode aumentar se a empresa não tiver um cronograma estruturado para o desenvolvimento. Alem disso, esse fato só piora a cada novo colaborador que entra sem visão, transformando a má integração em uma grande bola de neve.

.

Porque eu chamo de bola de Neve? Simples, este é o primeiro passo para o engajamento, que depois dará força para o funcionário ser direcionado para um alvo. Os primeiros meses do funcionário são o momento que ele está em plena lua de mel com o trabalho, sendo assim, alinhar limites, rotinas e expectativas é algo que ele já espera receber.

Quando o profissional sabe aonde ele pode chegar e o que esperam dele, cria-se um sentimento de satisfação e eficiência que futuramente só aumentará, pois ele poderá focar seus esforços para resultados que ele sabe que agregarão em sua carreira ainda no período de experiência.

Quando simplesmente o “colocamos para dentro”, surge a síndrome “Alice no país das maravilhas”, aonde ela ( neste caso Alice), está perdida e não sabe qual caminho escolher e se perde no mundo mágico de possibilidades. Diferente da menina de cabelos loiros do filme, o novo colaborador normalmente se desmotiva ou até perde a oportunidade de emprego. Mas, de quem foi a culpa? Foi do processo seletivo? Do candidato? Das divergência de afinidades?

A culpa é da empresa, que muitas vezes, não cria rotina, vomita trabalho e quando sobra uma pausa cobra o que não foi orientado.

Por fim, todas essas ideias  podem parecer um pouco desesperadoras, mas fique tranquilo, pois falarei de dicas para montar uma integração eficiente.

Siga a coluna e deixe suas dúvidas, ficarei contente em ajudar .

Deixe seu comentário
Categorias: Networking;

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!
0 comentários