Empatia – Por que se dar bem com pessoas é mais fácil que você imagina

Basear nossa opinião em apenas nossa forma de enxergar o mundo é jogar fora a oportunidade de evolução individual e até retardar um crescimento profissional em nossa carreira.

Postado em 28/10/2019


Saber como lidar com as pessoas é um exercício diário que todos devemos fazer, apesar de teoricamente simples, na prática temos muita dificuldade, por este motivo separei 2 dicas de ouro para que possa aplicar no âmbito profissional.

Primeiro • Respeite a história de vida de seus colegas. Muitas vezes, temos a impulsividade de acreditar que nossos valores são a verdade absoluta,por exemplo, se eu afirmar que: “todo carro branco é um táxi”, usarei de uma opinião baseada em minha experiência pessoal, além de outros fatores externos que me influenciaram para a criação da minha personaideal.

Como no exemplo acima: eu morei muitos anos em São Paulo, e durante minha infância conheci apenas carros brancos como taxi, mas esta é minha experiência de vida, e em outros Estados eu teria definido outra cor, contudo, no trabalho, impomos nossa verdade absoluta quando em um momento de descontração excluímos um colega por sua diferente forma de olhar a vida.

Segundo • Liberte-se da Síndrome do PATINHO FEIO. Durante a infância, muitas crianças tiveram em seus relacionamentos o incentivo a vitimização, por exemplo, quando pequenos, muitos choravam para que o colega dividisse o salgadinho ou na adolescência, ao falar na escola de eventualidades pessoais para o professor justificando assim o atraso de um trabalho.

Mas cuidado em julgar de forma negativa, nem sempre existe maldade, mas sim um hábito natural traçado em nossa zona de conforto, sendo assim, aceitar que esta conduta existe mas pode ser mudada é algo libertador! Pois nos permite reconsiderar atitudes e lutar por nossos sonhos independente das diferenças, privilégios e desafios que nos rodeiam, fazendo que naturalmente nos importemos menos com as divergências existentes no mercado e nos permita focar mais em nossos resultados individuais.

É claro que não existe a necessidade de mudar nossos valores e preferências devido o local de trabalho, mas quando falamos de equipe precisa existir o respeito e empatia, pois estamos falando do coletivo, pessoas com personalidades, histórias e sonhos diferentes.

Basear nossa opinião em apenas nossa forma de enxergar o mundo é jogar fora a oportunidade de evolução individual e até retardar um crescimento profissional em nossa carreira. Faça destes dois pontos uma rotina, você notará que facilitará seu relacionamento com o grupo e o clima em sua empresa!

Deixe seu comentário
Categorias:

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!
0 comentários